Home Bem-estar Alimentação Alimentação na Gravidez: Como as Decisões de Agora Podem Refletir no Futuro

Alimentação na Gravidez: Como as Decisões de Agora Podem Refletir no Futuro

5 min leitura
0
0

“Como mãe de gêmeos, muitas pessoas me perguntam como eu me sentia durante a gravidez em relação a minha alimentação.

Posso dizer que uma das coisas com que eu mais me preocupei durante a gestação do Pedro e do Benjamin foi com o que eu estava ingerindo, pois minha preocupação em fornecer os nutrientes necessários para o desenvolvimento deles era dupla, afinal de contas, a responsabilidade também era por dois”, Thaty Lorena do blog Mamãe Sem Manual.

Por isso que o conselho que mais dou para as mamães em meu blog é procurar um nutricionista para acompanhar toda a gestação. É muito importante ter alguém do nosso lado que possa orientar e montar um plano de alimentação que possa fornecer tudo o que precisamos para mantermos a nossa saúde e, consequentemente, o bem estar dos bebês.

Dicas Sobre Alimentação Durante a Gestação

Alimentacao na Gravidez Como as Decisoes de Agora Podem Refletir no Futuro

Além do nutricionista, é importante também ficar ligado nestas questões:

  • Lave bem todas as frutas e verduras que for comer: principalmente se forem alimentos não orgânicos, pois os resíduos das químicas podem fazer mal também. Isso não significa que não tenhamos que lavar os alimentos orgânicos também.
  • Evite comer saladas na rua porque não sabemos como aquele alimento foi preparado e o risco de contrair toxoplasmose durante a gravidez aumenta ainda mais.
  • Se você tem gatos de estimação, preocupe-se e tome as medidas necessárias porque os felinos transmitem toxoplasmose nas fezes, portanto evite o contato e peça para seus familiares tomarem cuidados redobrados com a higiene no preparo de alimentos.
  • As vitaminas enriquecidas de ácido fólico são importantes e devem ser respeitadas de acordo com o pedido do obstetra, além disso, buscar alimentos ricos deste nutriente é também uma ótima alternativa.

Obesidade Infantil Pode Ter Origem Desde a Gestação:

A OMS, Organização Mundial de Saúde, já considera a obesidade infantil como uma doença epidêmica, pois está espalhada em todo o mundo com o número cada vez maior de casos em diversos países.

Há pesquisas que corroboram que a alimentação das mães durante a gestação podem comprometer a saúde dos filhos e gerar o começo de um processo de obesidade.

Se a mãe se alimentou de comidas altamente calóricas, gordurosas, industrializadas, há chances de o bebê já nascer com propensão a ter obesidade durante a infância.

Sem contar que os riscos para a saúde aumentam vertiginosamente, como a elevação da pressão sanguínea, o que pode acarretar a eclampsia, que é uma complicação grave durante a gravidez relacionada à hipertensão.

Portanto, mamães de plantão, cuidar da alimentação durante a gravidez é, talvez, um dos primeiros atos de amor aos seus filhos.

Tomar atitudes inteligentes para colhermos os bons resultados disso depois dos noves meses de gestação vai ser recompensador.

A sua saúde de vocês agradecerá!

Photo credit: be creator via Visualhunt.com /  CC BY

Recomendados


Comentário(s)

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Alimentação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira também

Cuidados para uma boa gravidez

A medicina integrativa enxerga a pessoa como um todo, não há divisão corpo-mente, e sim a …