Home Bem-estar O papel da gratidão no bem-estar humano: uma visão neurocientífica

O papel da gratidão no bem-estar humano: uma visão neurocientífica

8 min leitura
1
0

Ainda pouco reconhecida como um dos instrumentos mais benéficos para a saúde mental humana, a gratidão pode ser a chave para atingir o bem-estar.

O papel da gratidao no bem-estar humano uma visao neurocientifica-featured

Diferentemente do otimismo, que foca no positivo em um tempo futuro, a gratidão aflora todo dia por meio do reconhecimento de aspectos positivos que permeiam toda e qualquer ação.

Não se trata de apenas reconhecer o bem que o outro faz em eventos específicos, mas de enxergar o lado positivo da vida em ações cotidianas, como simplesmente acordar, ou até em algo que à primeira vista seja negativo, mas que pode sempre levar ao aprendizado.

Uma visão apreciativa do mundo leva a um estilo de vida que preza o ser grato pelo que ocorre ao redor.

Implica em menos julgamento de valor e mais emoções positivas, opostas ao sentimento de depreciação por si próprio e pelo mundo, que pode levar à depressão, revela o estudo “Gratitude and well being: a review and theoretical integration”, publicado pela Clinical Psychology Review.

A boa nova é que o sentimento de gratidão não é um traço de personalidade de poucos afortunados e sim algo que pode ser aprendido.

Sabe-se que o conhecimento é produzido por repetição. Grosso modo quanto maior é a prática, menores são as distâncias entre neurônios e mais fácil a sinapse.

Portanto, a gratidão pode ser absorvida pela prática e levar a melhores níveis de serotonina e à sensação de bem-estar, conforme ensina a Time Line Therapy®, terapia ainda pouco difundida no país.

“A insatisfação é uma realidade hoje, uma época de competição acirrada, estimulada pelas redes sociais, por exemplo.

O indivíduo pode se dar conta de estar preso em uma cadeia de comparação, de querer sempre mais.

A gratidão abre o coração para uma dimensão maior ao mesmo tempo que leva a pessoa a prestar atenção às pequenas coisas”, explica Cema Santos, trainer em Time Line Therapy®.

A TLH® é considerada uma das ferramentas mais poderosas para ajudar o indivíduo a se livrar das emoções negativas e decisões que limitam sua vida, além de habilitar a pessoa, de maneira rápida e especifica, a criar o seu futuro.

Consiste em acessar o inconsciente via consciente e tornar claro como o indivíduo pensa, se comporta e o que almeja para sua vida.

O papel da gratidao no bem-estar humano uma visao neurocientifica

Cema virá da Austrália ao Brasil para falar sobre o método, pela primeira vez, em dois workshops sobre o tema, nos dias 25 e 26 de agosto, em São Paulo. Veja informações abaixo:

 

Workshops

Mente Sã, Corpo São: A Nutrição funcional e neurologia. O peso das emoções na dieta comportamental
Com Cema Santos (coach, mentor e trainer) e Andrezza Botelho (nutricionista especializada em transtornos alimentares e clínica funcional)
Data: 25 de agosto, às 19h
Local: Competition (Rua Cincinato Braga, 520, Bela Vista, São Paulo)

 

Detox sua mente, Transforme sua vida!®
Com Cema Santos (international master coach, mentor e trainor)
Data: 26 de agosto, da 9h às 17h
Local: Competition (Rua Cincinato Braga, 520, Bela Vista, São Paulo)

 

Sobre Cema Santos

Cema tem o certificado Internacional Master Coach e Trainer in Time Line Therapy® (TLT®) e Programação Neurolinguística. É também Master Practitioner em hipnose.

Sua primeira graduação foi em Educação Física com especializações em Ciência do Esporte e Obstetrícia. Também possui Mestrado em Epidemiologia voltada a obesidade, gravidez e exercício. Sua pesquisa que enfoca como grávidas podem melhorar condicionamento físico e saúde com exercício, mesmo sem nunca ter se exercitado antes, foi publicada no Obstetrics & Gynecology Journal.

Cema iniciou sua carreira profissional no Brasil com uma bem-sucedida clínica de hidroterapia para pacientes com problemas de postura e grávidas, em Manaus, sua cidade-natal.

Por 22 anos, trabalhou com pesquisa de saúde no Brasil e na Austrália. Entre os temas: exercício, obesidade, gravidez, diabetes gestacional, saúde ocupacional de imigrantes, saúde bucal, entre outras.

Desenvolveu trabalhos como voluntária, ajudando comunidades carentes. Cema foi uma das fundadoras da Associação de brasileiros no estado de Western Australia. Atualmente, Cema é também coach e mentora de imigrantes e estudantes internacionais de pós-graduação que precisam se estabelecer em novos países, universidades e escolas.

Logo após os workshops no Brasil, Cema irá lançar seu podcast na Austrália, “um sonho que vira realidade”. O objetivo é usar seu conhecimento acumulado com pesquisas sobre saúde ocupacional para conversar com imigrantes ao redor do mundo e entender um pouco mais sobre sua jornada, a partir do momento em que consideraram a imigração como uma opção até o momento atual.


Recomendados


Comentário(s)

Carregar mais artigos relacionados
  • Calvície também atinge as mulheres

    Muito conhecida em homens, a calvície também é motivo de preocupação para a vaidade femini…
  • Como Viver com Dor?

    A dor é uma sensação desagradável que nos alerta para algum potencial dano ao nosso corpo.…
  • comece a praticar esportes

    Mude de vida: comece a praticar esportes

    Você pratica atividades físicas? Se a sua resposta para essa pergunta é “não”, então é pos…
Carregar mais em Bem-estar

Um comentário

  1. fabio@hotmail.com'

    Fábio

    25 de outubro de 2016 em 20:57

    Bem interessante.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira também

A beleza e o poder da gratidão em nossas vidas

Com os anos, fui descobrindo que a gratidão é, além de um dos sentimentos mais nobres, a c…