Home Bem-estar Saúde É Câncer de Próstata ou Outro Problema? Saiba Como Diferenciar e Sair Mais Aliviado do Consultório

É Câncer de Próstata ou Outro Problema? Saiba Como Diferenciar e Sair Mais Aliviado do Consultório

7 min leitura
0
0

Tão importante quanto a conscientização e prevenção do câncer de próstata, esclarecer os possíveis problemas de saúde que acometem o sistema reprodutor masculino é uma missão diária dos especialistas em saúde do homem.

homem-saude-cancer-prostata

Um incômodo na região ou alteração da força do jato urinário, ascendem o sinal de alerta e aterrorizam os homens, que equivocadamente associam à doença.

Para esclarecer o assunto, o urologista e especialista em fertilidade e saúde masculina, Guilherme Leme, listou alguns deles.

Ao perceber anormalidades o mais sensato é procurar um especialista e falar sobre o ocorrido como destaca o urologista.

“Em muitos casos, a preocupação é minimizada após um exame de sangue simples chamado PSA (antígeno prostático específico)”, acalma Leme, ressaltando a importância do acompanhamento médico a partir dos 40 anos.

A diminuição da força do jato urinário e a dificuldade para urinar são algumas preocupações masculinas.

“Se você notou o jato urinário mais fraco, este pode ser um sintoma de obstrução urinária, causado pelo aumento benigno da próstata, estreitamento no canal urinário (estenose de uretra) ou pedras na bexiga”, explica.

Há ainda outras causas, mas essas são as mais comuns em homens adultos e idosos.

Há quem diga que sentir dores ao urinar também é um sinal de câncer de próstata, mas esqueça.

É mais provável que se trate de um sintoma de uretrite (inflamação ou infecção da uretra, o canal que transporta a urina da bexiga para fora do corpo).

De qualquer forma, a indicação é procurar um médico e ficar atento a alguns sinais de maior gravidade da inflamação, como sangue na urina ou sêmen, ardência e dor ao urinar (disúria), durante a relação sexual ou mesmo na ejaculação.

Urinar várias vezes durante à noite, em pequenas quantidades, é de tirar o sono.

Nesse quadro, tudo indica que se trate de uma prostatite, ou até mesmo, de uma hiperplasia prostática benigna (a famosa próstata “aumentada”, típica nos homens com mais de 50 anos).

“Estes dois são, sim, sintomas de problemas prostáticos, mas não significam e nem se relacionam com câncer de próstata”, ressalta o especialista.

Outro boato que circula pela internet e é tido como sintoma de câncer de próstata são as dores na região lombar.

O urologista rebate e afirma não haver indícios que comprovem que a dor seja um fator de alerta para a doença.

Nesses casos o sintoma pode ser uma consequência de cálculos renais ou problemas relacionados à coluna vertebral.

É muito importante que todos os homens procurem um médico ao menor sinal de alteração.

Principalmente porque o câncer de próstata é uma doença silenciosa e na grande maioria dos casos não dá sinais.

O acompanhamento com um profissional aumentará as chances de tratamento e cura caso exista algum indício deste tipo de doença”, finaliza.

 

SOBRE GUILHERME LEME

Guilherme Leme é especialista em Urologia pela Sociedade Brasileira de Urologia (TISBU), Associação Médica Brasileira e em saúde masculina e fertilidade. Se formou pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP), em 2003. Fez residência Médica em Cirurgia Geral e Urologia no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP), de 2004 a 2009. Tem certificações PHTLS (Prehospital Trauma Life Support), Advanced Cardiac Life Support (ACLS) e Advanced Trauma Life Support (ATLS), obtidas e atualizadas entre 2004 e 2011.

Fellow clínico do Setor Integrado de Reprodução Humana da Universidade Federal de São Paulo – Escola Paulista de Medicina (UNIFESP/EPM), 2011. Estágios clínicos em Urologia Geral (Wayne State University em Detroit, MI – Estados Unidos), 2007, e Infertilidade Masculina (Presbiterian Hospital, Cornell Medical School, em New York, NY – Estados Unidos), 2013. Médico Urologista efetivo do corpo clínico do Hospital Sírio Libanês, Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Alemão Oswaldo Cruz e Hospital Nove de Julho.


Recomendados


Comentário(s)

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira também

Os benefícios do equilíbrio emocional no sucesso do tratamento do câncer

Outubro Rosa é uma campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as …