Home Bem-estar Saúde Psicologia Quando você se coloca como prioridade

Quando você se coloca como prioridade

3 min leitura
1
0

Priorizar e valorizar o que de mais valioso existe neste mundo: VOCÊ!  Por que será que algumas pessoas não conseguem tornar-se especiais para si mesmas? Será o medo de mudar? Mas vou te contar um segredo… Mudar pode ser até difícil, mas  você não dependerá de ninguém para fazer isso, somente  de VOCÊ!

Esse depender de si mesmo é surpreendentemente a sensação mais significativa que um ser humano pode sentir, pois ela reflete a sua capacidade, força, coragem e principalmente o reconhecimento de suas infinitas possibilidades de transcendência que ficaram ali adormecidas enquanto  este buscava nos outros a coragem e disposição para decidir, mudar e ser diferente.

Mudar por mudar muitas pessoas conseguem, mas a mudança consciente é diferente, essa é aquela mudança que vem depois da compreensão, que precisou ser pensada, analisada e internalizada, afinal para mudarmos algo em nós mesmos precisamos compreender o porquê e o que queremos com essa atitude, se não for assim, não faz sentido!  A probabilidade de estarmos somente reproduzindo e não criando/desenvolvendo é alta e assim, aquele velho comportamento ganha espaço outra vez.

Desta forma, se você quer realmente alguma coisa, seja ela qual for, não espere o outro fazer por você, tente não buscar neste suas escolhas e afirmações de suas vontades, afinal ele também tem o direito de correr atrás dos sonhos dele e não necessariamente tem que parar para realizar os seus.

Quando você perceber a maravilhosa sensação de ser prioridade em sua própria vida, você descobrirá que pode realizar muitas coisas e perceberá que a felicidade se encontra em cada uma delas, mas para isso mova-se!

Afinal, quem quer dá um jeito, quem não quer dá uma desculpa.

E aí? O que você tem feito?

 

Lingia Menezes de Araújo
Psicóloga Clínica
Facebook
Tel.: (31) 3150 -9950 / 9576-9032 / 8671-1127
Contagem/MG

OBS: Todo o conteúdo desta e de outras publicações tem função informativa e não terapêutica.


Recomendados


Comentário(s)

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Psicologia

Um comentário

  1. ni.silva_17@hotmail.com'

    Nilton da Silva

    17 de outubro de 2015 em 12:46

    Tudo começa na nossa cabeça, quando mudamos os pensamentos mudamos nossas ações

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira também

Com que frequência devemos ir ao médico?

Todo mundo deveria saber que, quando apresentamos sintomas desagradáveis ou incapacitantes…