Home Inspiração Música Experimente a harmonia do Instrumental Vibracional Tibetano

Experimente a harmonia do Instrumental Vibracional Tibetano

6 min leitura
0
0

Composto por 15 pessoas de diversas origens, o grupo do Instituto Integrare apresenta o concerto de Instrumental Vibracional Tibetano há mais de quatro anos.

Fundado em Araxá, Minas Gerais, o Instrumental Vibracional possui músicos, maestro, poetas, escritores, profissionais de cura, terapeutas, pessoas de diferentes origens e que realizam diversos trabalhos. Todos eles, porém, possuem algo em comum: o desejo de compartilhar as vibrações puras dos sons de Mantras e Instrumentos Sagrados de distintas origens e tradições, em especial a Tibetana.

“Nosso objetivo é criar um momento de pura paz. Um momento em que as pessoas possam se sentir elevadas em sua vibração, percebam em seu corpo e sua mente o aumento da frequência e sejam envolvidas pela harmonia do Som” – afirma Maria Ângela Bittencourt, uma das fundadoras do grupo.

O grupo se apresenta em momentos de meditação, fóruns, eventos, palestras e workshops. O repertório perpassa pelos mais ancestrais mantras orientais, como: “Om Mane Padme Hum”, “Om Tare”, “Gayatri Mantra”, “Om Namah Shivaya”, além de Nomes Sagrados de Deus em Hebraico.

O propósito é beneficiar quem ouve e degusta as vibrações harmônicas dos instrumentos e mantras, possibilitando um momento de relaxamento e integração dos hemisférios racional e intuitivo, facilitando insights e o espírito de cuidado e compreensão entre as pessoas.

Se a música é capaz de fazer isto, basta ouvir ou assistir as apresentações do Grupo. Se, como diz o princípio NadaBrama “O Mundo é Som”, as partículas e ondas de cada átomo da criação são notas musicais que o Grande Maestro compôs. Cabe a nós descobrir nossas notas, nossos ritmos e participar da Música das Esferas que conduz o ritmo da Ordem Implicada – Ciência e Espiritualidade se encontram em suas linguagens, produzindo um sentido único: a Vida.

“E nós precisamos descobrir o pulsar correto, de acordo com o ritmo ecoante de nossos corações e mentes, conectados à Teia Cósmica. O Instrumental Vibracional permite acessar esse conhecimento de forma natural e muito prazerosa” – relata Maria Ângela

Tsyngas, Taças Tibetanas, Didgeridoos, FengGongs, Taças de Som são alguns dos instrumentos utilizados.

As taças produzem o som das espirais do Universo, produzindo um continuum de elevação de frequência. O Feng Gong além de purificar, facilita pequenos saltos quânticos de consciência durante a meditação. Taças de Som tocam o emocional e ativam pontos específicos das glândulas por intermédio dos chacras dos ouvintes. O Didgeridoo alça a vibração dos Mantras e Sons Instrumentais às dimensões sutis e produz um alinhamento sistêmico da frequência coletiva.

 

O Instituto Integrare

O Instituto Integrare de Desenvolvimento Humano tem como missão possibilitar a plena realização do homem.

Através de técnicas que promovem o autoconhecimento, o despertar da consciência crística e a tomada do poder pessoal, o Instituto Integrare facilita o trabalho com terapias diversas que atuam no campo emocional, equilíbrio e saúde física, desenvolvimento integrado do Ser e Renascimento.

Profissionais de diversas áreas atuam para oferecer um ambiente que permita o reencontro da paz interna e o reconhecimento do Self, na eterna caminhada da busca interior.

Saiba mais sobre nosso trabalho. Desejamos compartilhar toda a Luz por meio de nossas Terapias, Workshops, Cursos, Palestras e do Instrumental Vibracional.

Em Outubro, o Instituto Integrare promoverá em Araxá o Workshop: “O Poder da Criança Interna”.

Visite-nos no endereço http://institutointegrare.blogspot.com.br e participe conosco!

Namastê!


Recomendados


Comentário(s)

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Música

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira também

Medicina reprodutiva aponta caminhos para lidar com a infertilidade

A infertilidade atinge 15% casais no Brasil, segundo dados da Organização Mundial da Saúde…