Home Amor O Encontro de Almas

O Encontro de Almas

2 min de leitura
2
0

Por Rumi


Vem.
Conversemos através da alma.
Revelemos o que é secreto aos olhos e ouvidos.
Sem exibir os dentes,

Sorri comigo, como um botão de rosa.
Entendamo-nos pelos pensamentos,
Sem língua, sem lábios.
Sem abrir a boca,
Contemo-nos todos os segredos do mundo,
Como faria o intelecto divino.
Fujamos dos incrédulos
Que só são capazes de entender
Se escutam palavras e vêem rostos.
Ninguém fala para si mesmo em voz alta.
Já que somos todos um,
Falemos desse outro modo.
Como podes dizer à tua mão: “toca”,
Se todas as mãos são uma?
Vem, conversemos assim.
Os pés e as mãos conhecem o desejo da alma.
Fechemos, pois, a boca e conversemos através da alma.
Só a alma conhece o destino de tudo, passo a passo.
Vem, se te interessas, posso mostrar-te.

Texto extraído do livro “Poemas Místicos” – do brilhante poeta sufi Jalal Ud-Din Rumi, que viveu no século 13 na antiga cidade persa de Balkh, onde hoje é o Afeganistão – Editora Attar.


Recomendados


Comentário(s)

Carregar mais posts relacionados
Carregar mais em Amor

2 Comments

  1. msharmonia@gmail.com'

    Marcelo Harmonia

    21 de maio de 2013 at 21:50

    Tinha ouvido a algum tempo uma musica que lembrava este poema… ouvindo de novo percebo que na verdade é uma versão musicada do mesmo rsrs ^^

    Namastê

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Obesidade infantil: aproveite as férias para introduzir uma alimentação saudável às crianças

“A obesidade infantil aumenta o risco de muitas outras doenças como diabetes, hipertensão …