Home Bem-estar Alimentação 10 alimentos essenciais para a saúde da mulher

10 alimentos essenciais para a saúde da mulher

11 min de leitura
0
0

Não é novidade para ninguém que a alimentação é um dos principais fatores para manter o bem-estar sempre em dia.

Além de ajudar a alcançar o físico ideal, ter os alimentos certos na dieta também fortalece a saúde.

A dra. Yolanda Schrank, integrante do corpo clínico do Bronstein, elaborou uma lista com os 10 alimentos essenciais para a saúde da mulher. Vamos conferir?

1. Maçã

Além de ser saborosa e também um ótimo alimento para consumir após os exercícios, a maçã tem vitamina C, principalmente na casca, e é fonte de fibras insolúveis – que ajudam a manter o intestino saudável.

Com o sistema digestivo funcionando da melhor forma, a prisão de ventre, um dos pesadelos femininos, diminui consideravelmente.

A fruta também tem pectina, uma fibra solúvel que ajuda na redução do colesterol no sangue.

2. Salmão e sardinhas

O ômega-3 é um ácido graxo que ajuda – e muito – na prevenção de doenças do coração, fortalece o sistema imunológico, ajuda a controlar a pressão arterial e dá uma força a mais no combate à depressão, além de muitos outros benefícios.

E onde encontrar essa gordura tão benéfica à saúde? Nos chamados “peixes gordos”, entre eles o salmão e as sardinhas.

“A quantidade ideal para ser consumida por semana é de, pelo menos, uma porção de qualquer tipo de peixe gordo.

Porém, se a mulher estiver grávida ou em período de amamentação, uma vez na semana já é o bastante”, explica a dra. Yolanda, que completa: este tipo de peixe também é fonte de vitamina D, que ajuda a conservar os ossos e combater a osteoporose.

3. Banana

Qual mulher nunca sofreu com a ansiedade, não é mesmo? Mas existe uma forma bem natural de diminuir essa sensação, e é comendo banana!

A fruta, rica em triptofano e vitamina B6, aumenta a sensação de bem-estar ao influenciar diretamente no metabolismo de neurotransmissores.

Além disso, a banana também reduz o risco de desenvolvimento de doenças relacionadas à pressão alta, mas cuidado: por ser uma fruta calórica, não é recomendada mais do que uma unidade por dia.

 

4. Morangos, mirtilos e framboesas

Conhecidos como “bagos”, este grupo de frutas deliciosas compartilha de grande quantidade de vitamina C e ácido fólico, gerando antioxidantes que, segundo a dra. Yolanda, podem ajudar a manter a saúde do coração e dos olhos.

Acredita-se, também, que os antioxidantes auxiliem no combate ao câncer, mas as pesquisas médicas conduzidas com esta finalidade ainda não chegaram a resultados conclusivos.

De qualquer forma, vale muito a pena incluir essas frutas na dieta.

5. Soja

Segundo uma pesquisa recente da Universidade Vanderbilt, nos Estados Unidos, o grão, já bem conhecido pelos vegetarianos e veganos, é repleto de isoflavona, um composto que inibe a ação das enzimas relacionadas ao desenvolvimento do câncer de mama.

Além disso, a pesquisa também apontou que o risco de morte ou reincidência deste tipo de câncer diminui em 30% nas mulheres que consomem a soja.

“Como se este grande benefício já não fosse o bastante, este grão também melhora os sintomas da menopausa, deixando este momento um pouco menos intenso para as mulheres”, conta a médica.

6. Bife de fígado

Apesar de não ter muitos fãs, este corte específico da carne é rico em ácido fólico, que atua diretamente na renovação celular. Outro benefício, querido principalmente pelas mulheres que sonham em engravidar, é que esse ácido também ajuda a aumentar a fertilidade feminina e é importante durante toda a gestação: além de auxiliar na formação do sistema nervoso do bebê, ele também reduz o risco de aborto nos primeiros três meses.

Para quem está tentando engravidar, o ideal é comer de três a quatro bifes de fígado por semana – ou mais brócolis e espinafre do que o normal, para as vegetarianas, veganas ou mulheres que não gostem da carne.

7. Lentilha

Quem não sofre com os sintomas da temida TPM? Quando esse momento chega, a queda dos níveis de cálcio e vitamina B6 no organismo fazem com que os hormônios fiquem desregulados – e encontrar humor ou motivação para o trabalho ou os projetos pessoais fica bem mais difícil, mas a lentilha pode ajudar nessa tarefa.

Assim como os grãos integrais e a banana, ela é fonte justamente da vitamina B6 e pode ser uma grande aliada para afastar a TPM de uma vez por todas.

8. Leite

Parece mito, mas tomar um copo de leite antes de dormir ajuda sim na busca por uma noite de sono tranquila.

O responsável por provocar a sensação de relaxamento é o aminoácido triptofano, que aumenta a produção de serotonina no cérebro.

A temperatura do leite também influencia na sensação de disposição no dia seguinte: para acordar bem disposta, depois de dormir tranquila, prefira o leite morno ao gelado.

9. Verduras verdes

Além de dar uma aumentada nas chances de engravidar, as verduras verdes como o brócolis, a vagem e o espinafre são importantes em uma dieta saudável por vários outros motivos: com poucas calorias, são ótimas formas de manter o corpo em dia e são ricas em ferro, magnésio, fibras, proteínas e vitaminas C e K. Mas os benefícios vão além:

“A Universidade de Leicester, na Inglaterra, divulgou alguns estudos confirmando que o consumo de verduras de folhas verdes está associado à diminuição dos riscos de desenvolver o diabetes tipo 2”, pontua a dra. Yolanda.

10. Atum

Diferente dos tipos de peixe que são ricos em ômega-3, o atum tem bastante proteínas magras que estimulam a produção do colágeno – responsável por dar sustentação à pele e garantir uma pele mais firme e livre de celulites.

Apesar de ser uma substância que o corpo produz naturalmente, consumir o filé do peixe até duas vezes por semana ajuda – e muito – a garantir os níveis de colágeno sempre em dia.


Recomendados


Comentário(s)

Carregar mais posts relacionados
Carregar mais em Alimentação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Papanicolau: importância e tipos do exame

O Papanicolau é um dos exames mais importantes na saúde da mulher e tem como objetivo diag…