Home Bem-estar Alimentação Como escolher os melhores biscoitos para as lancheiras na volta às aulas

Como escolher os melhores biscoitos para as lancheiras na volta às aulas

5 min de leitura
0
0

Além da dificuldade na hora da compra dos materiais, livros e uniformes, os pais ainda precisam quebrar a cabeça para montarem uma lancheira que seja gostosa, saudável e que não cause desconforto ou que possa se tornar um risco para os pequenos.

As melhores lancheiras sempre serão as repletas de frutas e verduras, mas para as crianças realizarem suas tarefas e terem energias suficiente para as brincadeiras, é necessário também uma merenda que contenha alimentos fonte de carboidratos, como por exemplo os biscoitos. Mas nem todos os biscoitos são saudáveis para essa refeição.

Os recheados, por exemplo, podem se tornar um veneno no corpo dos pequenos.

A Nutricionista Alessandra Consentino, explica quais os males e os riscos que os biscoitos recheados podem causar às crianças.

“Os biscoitos recheados possuem muita gordura trans, usada para prolongar a validade dos produtos, e um alto teor de sódio e açúcares. Os principais riscos para a saúde das crianças é a obesidade, enfraquecimento dos ossos e outras doenças”.

Em janeiro do ano passado, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) apresentaram um relatório sobre a segurança alimentar na América Latina, indicando que a obesidade e o sobrepeso infantil vêm aumentando no Brasil a ponto de ser um alerta para o governo.

“É fundamental associar a boa alimentação e incluir na rotina deles a prática de esportes. Temos que nos conscientizar que a obesidade não se trata de um fator estético, e sim da saúde das crianças, podendo acarretar doenças como diabetes, hipertensão arterial, doenças cardíacas, vasculares, respiratórios e ortopédicas ainda na infância e adolescência” explica a pediatra puericulturista do Hospital Israelita Albert Einstein, Dra. Thalita Feitosa.

Além disso, muitos motivos como a falta de informação, tempo ou atenção causam a obesidade infantil.

A nutricionista conta que “frutas e verduras frescas são insubstituíveis na alimentação das crianças, mas um truque que pode ajudar os pequenos a tomarem gosto pelo hábito de alimentos saudáveis, é incluir em suas lancheiras biscoitinhos saudáveis”.

A Uni Alimentos, empresa onde a nutricionista é responsável pelo controle de qualidade, é especializada na comercialização de snacks saudáveis.

Só no ano passado, eles lançaram duas linhas completas de alimentos com qualidade nutricional diferenciada e considerados na porção certa para a especialista, sendo uma delas de biscoitos: aerolitos de coco, aerolitos de canela, balões de queijo e o parmegiano a linhaça dourada, e os Chips Brasil à base de mandioca e batata-doce.

“Os snacks Uni Alimentos agregam sabor e saúde, são produtos sem conservantes, sem glúten, alguns sem açúcar, baixo teor de sal, sem gordura trans e totalmente veganos. Por isso, além de essenciais, todos possuem benefícios para o melhor desenvolvimento das crianças”, conclui Alessandra.

 


Recomendados


Comentário(s)

Carregar mais posts relacionados
Carregar mais em Alimentação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

As alergias mais comuns na infância

Alergia alimentar, rinite, asma e urticária estão entre as alergias mais comuns entre as c…