Home Bem-estar Alimentação Dieta da Fertilidade: Alimentação Adequada Pode Elevar a Chance de Engravidar em Até 40%

Dieta da Fertilidade: Alimentação Adequada Pode Elevar a Chance de Engravidar em Até 40%

3 min de leitura
0
0

Uma alimentação adequada e direcionada pode elevar as chances de engravidar em até 40%. “Ao contrário, uma dieta inadequada contribui para o aumento da infertilidade.

Portanto, casais que pretendem engravidar é necessário consumir alguns alimentos específicos e evitar outros”, explica o obstetra e especialista em reprodução humana Doutor Rodrigo da Rosa Filho.

A dieta deve incluir frutas frescas, vegetais, peixes, carnes magras, nozes, castanhas, azeite de oliva extravirgem, ovos e, preferencialmente, alimentos orgânicos.

azeite-oliva-1596639_640

“Recomenda-se evitar carne vermelha, carboidratos simples como doces e farináceos, café, refrigerantes, chá preto ou mate e derivados do leite, além do álcool e alimentos processados e industrializados”, orienta o médico.

Ainda de acordo com o especialista, para as mulheres, a ingestão de alimentos ricos em vitamina B6 como banana, oleaginosas e abacate diminuem os efeitos da endometriose, aumentam a implantação do embrião e diminui a chance de aborto em até 30%.

ovos-abacate-1543165_640

No homem, o consumo de alimentos com selênio, zinco, vitamina C e E aumentam a motilidade dos espermatozoides. Peixes contêm esses elementos e as vitaminas são encontradas nas frutas cítricas e oleaginosas, respectivamente.

“Mulheres com síndrome de ovário policístico, devem optar por carboidratos complexos como arroz integral e fontes de gorduras boas, como óleo de coco”, conclui.

 

Sobre Rodrigo da Rosa Filho

O médico Rodrigo da Rosa Filho é especialista em reprodução humana. Graduado em medicina pela Escola Paulista de Medicina (Unifesp/EPM), Rodrigo é sócio fundador da Clínica de Reprodução Humana Mater Prime. É membro da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana (SBRH) e da Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Estado de São Paulo (SOGESP), e co-autor/colaborador do livro “Atlas de Reprodução Humana” da SBRH e autor do livro ” Ginecologia e Obstetrícia- Casos clínicos” (2013).


Recomendados


Comentário(s)

Carregar mais posts relacionados
Carregar mais em Alimentação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Anticoncepcional: entenda a relação entre o contraceptivo a fertilidade da mulher

O uso contínuo do anticoncepcional pode diminuir as chances de engravidar no futuro? De ac…