Home Bem-estar Alimentação Uma reflexão sobre alimentação e qualidade de vida

Uma reflexão sobre alimentação e qualidade de vida

5 min de leitura
1
1

Hábitos alimentares acertados asseguram ao organismo humano condições para uma vida saudável, acrescendo anos com saúde e vigor para aqueles que se comprometem a ter uma dieta equilibrada e pautada na moderação. Não há censura sobre qual alimento é certo ou errado, nem existem alimentos milagrosos. O segredo é ter cautela, saber ponderar se aquilo vai ou não lhe fazer bem.

mulher-comendo-salada
A alimentação é o combustível da vida, pois fornece ao nosso corpo substâncias necessárias para nos manter vivos e saudáveis. Se não nos alimentamos não temos força ou disposição para a realização das atividades mais simples, além de comprometer severamente o desempenho das funções vitais no nosso organismo.

Claro que comer com qualidade é crucial, mas não adianta simplesmente comer. É preciso uma alimentação consciente, fornecendo ao organismo os nutrientes necessários para seu perfeito funcionamento, sem privação e demasia.

“Comer com qualidade, variedade e na medida certa também significa ir menos ao médico” – comenta o Chef Fabio Almeida, sócio-fundador de um restaurante no Maracanã, zona norte do Rio de Janeiro, o A Propósito Food Service.

Uma alimentação equilibrada, contendo frutas, cereais (inclusive integrais), legumes, verduras, carnes e leite, contribui irrefutavelmente para a manutenção de uma vida saudável.

Pular refeições, ingerir alimentos ricos em gorduras, consumir alimentos industrializados de maneira exacerbada, e outras atitudes deste tipo, reduz a disponibilidade de nutrientes, que são necessários ao bom funcionamento do organismo, o que resulta no processo de doença.

Estudos clássicos na área da nutrição mostram que os hábitos alimentares são os mais difíceis de mudar na rotina de uma pessoa. Quanto menor for o repertório de sabores de um indivíduo, mais resistentes são seus hábitos à mesa.

Atualmente, com a vida agitada que todos levam, muitos não se preocupam com a alimentação. Apenas lembram do assunto quando surge algum tipo de doença e a pessoa se vê obrigada a se alimentar de uma forma mais saudável.

Hábitos de vida equilibrados são capazes de conter o estresse, ansiedade, além de facilitar o controle de peso e do humor. Contribuem também no combate a diversas doenças, torna seu tratamento mais eficaz e favorece o paciente com uma recuperação mais rápida.

Uma alimentação saudável suscita saúde e bem-estar em qualquer estágio de vida, por isso, é fundamental que se torne um hábito.

Definitivamente, alimentação é um prazer que precisa ser provado e partilhado com pessoas das quais gostamos, desta forma, é importante fazer das refeições um momento agradável e memorável, e não somente o simples ato de saciar a fome.

Não é coerente ingerir apressadamente qualquer coisa, é preciso apreciar a vida, alimentando-nos convenientemente, municiando nosso corpo e espírito de componentes dos quais necessitam.

 


Recomendados


Comentário(s)

Carregar mais posts relacionados
Carregar mais em Alimentação

One Comment

  1. nelcisoteli@hotmail.com'

    nelci

    21 de agosto de 2014 at 12:02

    excelente matéria

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Como manter a vida sexual ativa na terceira idade

Hoje vamos abordar sexualidade na terceira idade. Cerca de 90% dos casais na faixa etária …