Home Bem-estar Jin Shin Jyutsu – A cura em suas mãos

Jin Shin Jyutsu – A cura em suas mãos

15 min de leitura
11
1

Jin Shin Jyutsu , literalmente se traduz como “a Arte do Criador para o Homem”, mas também possui outros significados, como: “a Arte de Conhecer a Mim Mesmo”, “a arte de ser feliz”, ou ainda “a Arte do Criador para o Homem de Conhecimento e Compaixão”. Para Mary Burmeister, Jin Shin Jyutsu é realmente a arte da felicidade, a arte da longevidade e a arte da benevolência. (3º Milênio – Um Canal para a Expressão do Ser)

Jyutsu: Arte
Shin: Criador
Jin: Homem de conhecimento e compaixão

alegria é um indicador da nossa harmonia. Temos as nossas duas mãos como os nossos rejuvenescedores e harmonizadores. ~Mary Burmeister

Jin Shin Jyutsu é uma arte de harmonização do corpo, da mente e do espírito através de toques com as mãos em combinações de 26 pontos do corpo onde a energia vital se concentra, chamadas 26 Travas de Segurança de Energia (TSE).

Esta arte, mais do que uma técnica ou filosofia, quando praticada pode trabalhar todas as dimensões da vida humana. Através do Jin Shin Jyutsu nossa consciência é despertada para o simples fato de que tudo que é necessário para a harmonia e equilíbrio (ritmo com o Universo) físico, emocional, digestivo e espiritual está dentro de nós. Através dessa consciência, o sentimento de paz completa, serenidade, segurança e unidade interna ficam evidentes. Nenhuma pessoa ou situação pode tirar isso de nós.

Todos os medos (a base de toda a desarmonia) começam a se dissipar, um por um, e toda a carga desnecessária é descarregada dos nossos ombros, abrindo caminho para a harmonia completa dentro e fora. Não há espaço para sentimentos de competição e comparações no nosso viver diário. Há somente o estado presente de Ser, que já é nosso “passado” e a fundação do nosso “futuro”.

O Jin Shin Jyutsu atua em cinco atitudes negativas específicas: preocupação, medo, raiva, tristeza (pesar), pretensão (cobrir, esconder) e cada uma delas está relacionada a um par de órgãos. Estas atitudes, geradoras de desarmonia ou “esgotamento” da energia “individualizada”, são as causas principais de todas as doenças. Elas restringem o fluxo de vida em pontos específicos do corpo, podendo criar bloqueio em um ou vários dos vinte e seis pares identificados por pelo Mestre Jiro Murai ao longo de todo o corpo.

As vinte e seis “travas de segurança” são também chamadas “chaves para o reino” e funcionam como uma espécie de alarme preventivo que nos avisa quando alguma parte do nosso sistema está sobrecarregada.

Através de combinações de toques nas áreas identificadas como sobrecarregadas, podemos dissolver os bloqueios, as tensões e as atitudes desarmonizadoras, o que resultará no resgate do equilíbrio e, consequentemente, da saúde. (3º Milênio – Um Canal para a Expressão do Ser)

Breve Histórico

Conforme os registros antigos que estão nos Arquivos do Palácio Imperial do Japão, Jin Shin Jyutsu era amplamente conhecido antes do nascimento do Gautama Buda (Índia) e ainda antes do nascimento de Moisés (registrado na Bíblia).

Por muitos séculos, as “chaves” dos tesouros de Jin Shin Jyutsu eram transmitidas oralmente de geração para geração. Gradualmente, essas chaves começaram a se dissipar até que o conceito verdadeiro dessa arte foi praticamente perdido.

O redescobrimento desses tesouros antigos foi feito pelo Mestre Jiro Murai no Japão, no início do século passado. Ao ser acometido de uma doença que, segundo os maiores médicos japoneses da época, levaria a termo sua vida, Jiro Murai isolou-se em sua casa de campo nas montanhas, passando a meditar e vivenciar a arte do Jin Shin Jyutsu.

Ao constatar que estava completamente curado, caiu de joelhos, agradecendo ao Criador, e prometeu dedicar o resto de sua vida ao estudo dessa arte em benefício da humanidade. E assim o fez. O Jin Shin Jyutsu foi trazido para a América por Mary Burmeister, que iniciou seus estudos com Mestre Murai no final dos anos quarenta. (3º Milênio – Um Canal para a Expressão do Ser)

Pronto-socorro através dos dedos

Uma das técnicas de  Jin Shin Jyutsu é aplicada nos dedos das mãos, um tipo de pronto-socorro, chamado “rapidinho” pelos praticantes. A mão direita representa o “aqui agora” e a mão esquerda o “passado”.

É possível aplicar a técnica em qualquer lugar que seja possível pegar os dedos e esperar pulsar. Você pode usar em si mesmo ou aplicar a técnica em alguém.

Comece pela mão esquerda. A intensidade do toque é firme e delicada. Imagine que você está segurando um passarinho. Não aperte. Depois que começar a pulsar, espere uns 3 minutos e então mude de dedo.

Memorize cada dedo e os órgãos a que eles se relacionam, pois é importante ter consciência da movimentação da energia no corpo, onde você está estimulando a passagem da energia. Segundo a fisio-filosofia Jin Shin Jyutsu, doenças são o resultado do fluxo irregular da energia no corpo. (Arte do Cuidar: JIN SHIN JYUTSU).

Cada dedo é uma chave simples para destravar e harmonizar as atitudes.

Dedo polegar

Trabalha as emoções: PREOCUPAÇÃO – depressão, ódio, obsessão, ansiedade, autoproteção
Desequilíbrio no nosso padrão de energia “individualizada” do estômago e baço.

Melhora a digestão de alimentos, idéias, pensamentos e emoções; ajuda a dormir melhor e nos torna receptivos ao toque e carinho.  Preocupações e ‘ruminações mentais’ desaparecem.  Ajuda estômago, baço e pâncreas.  Bloqueia uma dor de cabeça que está começando.

Dedo indicador 

Trabalha as emoções:  MEDO – timidez, confusão mental, depressão, perfeccionismo, crítica, frustração, desejo de vida
Desequilíbrio no nosso padrão de energia “individualizada” da bexiga e rim.

Traz coragem, fortalece o desejo de viver, harmoniza a circulação dos fluidos corporais e o sistema muscular.  Dissolve o medo e as inseguranças.  Ajuda rim e bexiga. Evita uma dor nas costas que está iniciando.

Dedo médio 

Trabalha as emoções:  RAIVA –  covardia, irritabilidade, indecisão, instabilidade, não alerta, emotividade
Desequilíbrio no nosso padrão de energia “individualizada” da vesícula e fígado.

Expande o sentimento de compaixão, a lucidez mental, a criatividade;  regula a harmonia interior do corpo.  Elimina a raiva, frustrações e irritabilidade.  Ajuda fígado e vesícula biliar.  Melhora a visão e revitaliza a fadiga geral.

Dedo anular 

Trabalha as emoções: TRISTEZA (Pesar) – negatividade, formação de muco, bom senso
Desequilíbrio no nosso padrão de energia “individualizada” do pulmão e intestino grosso.

Promove a alegria, a esperança, o soltar do passado e o se abrir ao novo; dá vitalidade e energia ao corpo.  Afasta a tristeza, negatividade e o pesar.  Ajuda os pulmões e o intestino grosso.  Harmoniza a respiração e desconforto no ouvido.

Dedo mínimo 

Trabalha as emoções:  PRETENSÃO (Cobrir, esconder) – “chorar por dentro e rir por fora”, insegurança, nervosismo, confusão, mortalidade
Desequilíbrio no nosso padrão de energia “individualizada” do coração e intestino delgado.

Conecta com a intuição, aumenta a auto-estima, harmoniza o sistema esquelético.  Termina com pretensão, julgamentos, comparações e esforço.  Ajuda coração e intestino delgado.  Evita uma dor de garganta que está iniciando.

Centro da palma da mão 

Traz sensação de paz profunda e de unidade com o universo.  Dissolve o desânimo.  Ajuda diafragma e fluxo do umbigo.  Harmoniza corpo, mente e espírito mutuamente e com o universo.

 

Referências:
Jin Shin Jyutsu Brasil :: FisioFilosofia :: A Arte de Viver em Harmonia
A Arte de Curar onde a harmonia e a saúde estão na ponta de seus dedos
3º Milênio – Um Canal para a Expressão do Ser
Arte do Cuidar: JIN SHIN JYUTSU
Alguns Exercícios para Autoajuda com Jin Shin Jyutsu

 


Recomendados


Comentário(s)

Carregar mais posts relacionados
Carregar mais em Bem-estar

11 Comments

  1. Eudesandreani@hotmail.com'

    Eudes Andreani de Magalhães

    1 de março de 2012 at 14:03

    Amo Jin Shin desde que vi pela primeira vez em uma revista em um consultório, eu vi aqueles pontos que aperta os dedos, fiquei apaixonada, peguei a revista e saí tirar xerox e devolvi a revista, fiquei com aguelas xexox fezendo Jin Shin em mim todos os dias.
    quero fazer o curso, gostaria de mais iformações.

    Reply

    • Sah Elizabeth

      1 de março de 2012 at 14:30

      Olá Eudes,

      Acredito que no site Jin Shin Jyutsu® Fisio-Filosofia você encontra informações sobre cursos em vários estados do Brasil. Dê uma olhadinha lá. :)

      Abraços.

      Reply

  2. ciacampos@hotmail.com'

    marcia aparecida campos nogueira

    5 de julho de 2013 at 14:56

    Estou praticando esta terapia e estou amando já estou aplicando ela em minha mãe que teve um AVC ela esta ficando mais calma depois das terapias………..

    Reply

  3. maris1203@ig.com.br'

    maris schardong

    3 de setembro de 2013 at 0:02

    ganhei ontem o livro o toque da cura,foi através do livro que estou adorando as informações de como podemos pra nos auxiliar,e passar pras outras pessoas,gostaria de saber mais sobre este conhecimento,como faço pra buscar o aprendizado?Maris

    Reply

  4. rcr.zen@hotmail.com'

    Roses

    20 de agosto de 2014 at 22:55

    Quero agradecer do fundo do meu SER essa jóia que estamos tendo a oportunidade de receber. Obrigada por ajudar-nos a ter mais saúde , conhecendo nuanças de nossos amados órgãos. Que Deus ilumine cada vez mais sua vida !!!

    Reply

  5. […] você ainda não conhece a chamada “Arte da Felicidade” pode ler o post: Jin Shin Jyutsu – A cura em suas mãos. para entender […]

    Reply

  6. eleninha656@gmail.com'

    irani oliveira freitas eleninha

    26 de maio de 2015 at 23:12

    essa tecnica e muito maravilhosa eu fiz em mim e funcionou sou reikiana vou passar para meus pacientes fico muito grata por tantos ensinamentos desde muito cedo ja apreciava as artes orientais quando criança morava em uma fazenda de imigrantes japoneses meus pais adotaram seus costumes somente eu de meus irmaos que herdei e me apaixonei por suas crenças suas tecnicas seus modo de ver o ser humano ….NAMASTE

    Reply

  7. mlealdequeiroz@gmail.com'

    MARINA LEAL DE QUEIROZ

    18 de outubro de 2015 at 19:15

    GOSTEI VOCÊ TEM UM MOMENTO COM BOA ENERGIA MENTALIZAR HA CADA ORGÃO E MUITO BOM

    Reply

  8. catiamml@gmail.com'

    catia macario

    30 de setembro de 2016 at 20:22

    Adorei o artigo mas gostaria de saber se tem algum exercício para aliviar dores na lombar

    Reply

  9. r.leandro@hotmail.com'

    Roberval Leandro de Oliveira

    15 de novembro de 2016 at 22:43

    Parabéns pela divulgação dos conhecimentos!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Mantenha as mãos limpas para evitar doenças

Lavar as mãos pode parecer apenas um simples hábito de higiene.  Porém, o que muitos não s…