Home Bem-estar Saúde 5 Experiências surpreendentes que vão transformar sua gestação

5 Experiências surpreendentes que vão transformar sua gestação

10 min de leitura
0
0

Uma gestação dura, em média, 9 meses. Porém, para as mamães, parece que é muito mais tempo, já que elas criam tanta expectativa que os dias demoram ainda mais para passar.

Além de toda a magia que naturalmente acompanha esse momento, dá para fazer com que ele se torne ainda mais especial através de alguns procedimentos diferentes, realizados durante a gestação e também no parto.

A tecnologia se desenvolve tanto que traz para a realidade procedimentos e técnicas que parecem vir de filmes futuristas, mas acredite, tudo isso é real e pode estar presente na sua gestação!

 

1 – Ver o rosto do bebê ainda na barriga (Ultrassom 3D)

O pré-natal é composto por vários exames obrigatórios, entre eles, o ultrassom, que é utilizado para verificar se está tudo certo com o corpo do bebê.

Até algum tempo atrás, o ultrassom 2D era o mais comum, com imagens tradicionais, parecidas com as que são obtidas ao fazer uma ultrassonografia de qualquer outra parte do corpo.

Só que justamente devido aos avanços da tecnologia, agora é possível optar pelo ultrassom 3D. Ele transforma as imagens planas em tridimensionais, com altura, largura e profundidade, ou seja, imagens muito melhores e mais precisas!

Através desse exame de imagem, é possível ver como está o desenvolvimento do bebê e até mesmo suas feições, de acordo com sua posição no ventre, o que trará lágrimas imediatamente ao rosto dos papais.

 

2 – Descobrir o sexo do bebê ainda na 8ª semana (Sexagem fetal)

Sempre existem aqueles que são mais apressados e querem saber logo o sexo do bebê, seja para tirar essa ansiedade da mente ou para comprar o enxoval e decorar o seu quartinho. É possível descobrir isso com menos de 2 meses de gravidez.

A solução é o exame de sexagem fetal, que é um exame de sangue que identifica a presença ou não de cromossomos Y no DNA do bebê, já que apenas os meninos apresentam esse cromossomo.

Também é super bacana poder montar um chá revelação, que é quando os pais descobrem, junto com seus familiares e amigos, se será um menino ou menina.

Outra boa notícia é que o exame vem se tornando cada vez mais comum e, por consequência, mais acessível aos papais. Certos convênios até cobrem esse exame, o que é excelente para poder montar o enxoval com ainda mais antecedência.

 

3 – Parto mais natural (Parto humanizado)

A maioria dos procedimentos que surgem para ajudar na gestação e no nascimento vêm do desenvolvimento de novas tecnologias, mas a humanização do parto é justamente o contrário.

Essa ideia traz consigo “desautomatizar” os partos e fazer com que cada um deles seja único. Afinal de contas, as gestantes não são iguais e, por isso, não devem ser tratadas exatamente iguais.

O parto humanizado é feito no tempo da mulher. Caso ela tenha contrações por um longo tempo e, ainda assim, não queira ser submetida a uma cesariana, então isso será respeitado pela equipe médica, por exemplo.

Mas aí, você se pergunta: e se a mamãe e o bebê estiverem em risco? Calma,  pois ele é feito com total acompanhamento da saúde do bebê e da mamãe, e se for necessário, os médicos ajudarão com o que for preciso.

 

4 – Auxílio psicológico para encarar a gravidez

Não é apenas o corpo que merece atenção. O aspecto psicológico da mulher também deve ser cuidado, já que toda a sua rotina mudará com a chegada de um novo integrante para a família.

Da mesma forma que a gestação traz momentos maravilhosos e muito felizes, também é comum que a mulher sinta um pouco de desespero, desconfiança e medo. Tudo isso é natural, já que a situação ainda é desconhecida para ela.

Por isso, para poder equilibrar os sentimentos e levar tudo da forma mais saudável possível, o acompanhamento de uma psicóloga pode ajudar muito com esses desafios emocionais que aparecerão cedo ou tarde.

 

5 – Nascimento sem o choro do bebê (Parto na água)

Quando o bebê sai do ventre de sua mãe, ele se assusta e começa a chorar.

Esse é um dos momentos mais esperados por muitas mamães, mas outras preferem encarar a situação de outra forma. Para elas, recomenda-se o parto na água, que ajuda a mãe a não sentir dores muito intensas durante as contrações e também é ótimo para o bebê.

Esse parto é realizado em uma piscina ou banheira e traz mais conforto para a mulher, que pode escolher a posição em que se sente mais confortável. Ela se sente mais segura e concentrada e menos cansada.

Uma das coisas mais interessantes de um parto na água é que o bebê não sai chorando da barriga da sua mãe, já que ele não sente o impacto causado pela transição da bolsa amniótica e do mundo externo.

É certo que todas as gestações são surpreendente e todas a serão lembradas para sempre.

Ainda assim, a mulher pode recorrer a alternativas que a deixem ainda mais feliz, segura e confortável para esse momento em que elas e os bebês são os protagonistas.

Portanto, seja através do pré-natal psicológico, do ultrassom 3D, da tecnologia da telemedicina ou da tranquilidade do parto humanizado, escolha o que for melhor para você e aproveite ainda mais desse momento tão maravilhoso e encantador!


Recomendados


Comentário(s)

Carregar mais posts relacionados
Carregar mais em Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Cuidados para uma boa gravidez

A medicina integrativa enxerga a pessoa como um todo, não há divisão corpo-mente, e sim a …