Home Bem-estar Saúde Problemas de Saúde? Você Pode Estar Intoxicado!

Problemas de Saúde? Você Pode Estar Intoxicado!

3 min de leitura
0
0

Intolerâncias alimentares são comuns e causam grande incômodo, porém mesmo quando não percebidas, irritam a parede do intestino aumentando sua permeabilidade, o que faz com que metais tóxicos sejam absorvidos pelo organismo.

Esses metais tóxicos trazem uma série de sintomas, e em grande quantidade podem causar inúmeras doenças.

Uma forma de tratá-las é a desintoxicação, que hoje em dia já conta com métodos modernos.

Um deles é por meio dos compostos frequenciais, que contém padrões quânticos (energia e informação) e agem analogicamente como a homeopatia, a cromoterapia, os florais e outros meios sinérgicos, cuja ação é exercida pelo fenômeno da biorressonância.

Outra maneira de desintoxicar o organismo é com a utilização de um suplemento alimentar chamado chlorella.

De acordo com a Terapeuta Ortobiomolecular, Kellen Calixto da Clínica Haya: “A chlorella, além da desintoxicação, traz uma série de benefícios, como melhora na oxigenação e revigoramento do organismo”.

A desintoxicação também pode ser feita com o uso de um aparelho ligado diretamente na água de um escalda-pés.

Os pés possuem inúmeros poros, o que os tornam pontos ideais para a expulsão de toxinas acumuladas do corpo.

Esse aparelho é um emissor de padrões quânticos, que combina os campos informacionais à capacidade da água e interfere diretamente onde há desarmonia e amplia o equilíbrio vibracional integralmente.

Esse método é utilizado para desintoxicação de solventes agrotóxicos, pesticidas e metais tóxicos como alumínio, arsênico, berílio, bismuto, titânio, enxofre, urânio, cobalto, cromo, ferro, flúor, magnésio, mercúrio, níquel, cádmio, cobre, chumbo e zinco.

Pode ser utilizado também em pós-operatórios, para eliminar os efeitos tóxicos da anestesia.

Além disso, é coadjuvante no tratamento de acidose, acne, alergias, anemia, ansiedade, artrite, asma, bruxismo, dor, estresse, ferritina, insônia, osteoporose, rinite, sinusite, tensão pré-menstrual, urticária, vertigem entre outros.

 

Fonte:  Kellen Calixto


Recomendados


Comentário(s)

Carregar mais posts relacionados
Carregar mais em Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Quais são os principais benefícios de um tratamento ortomolecular?

Entenda mais sobre como funciona a prática ortomolecular e como ela pode ajudar na manuten…