Home Organização & Produtividade Você está sem tempo ou está faltando organização?

Você está sem tempo ou está faltando organização?

6 min leitura
6
0

“Aqueles que gastam mal o seu tempo são
os primeiros a queixar-se da sua brevidade.”
Jean de La Bruyère

Se alguém perguntasse a você, o quanto de tempo utiliza para fazer o que realmente gosta o que você responderia?

Muitas pessoas teriam dificuldade até mesmo em dizer do que gostam, quais atividades lhe dão prazer ou quais momentos se sentem “leves” e tranquilas. Todas essas perguntas sem respostas, demonstram a possibilidade de reflexão que por vezes não sabemos ou nunca nos propusemos empregar sobre nossas emoções, atitudes e até mesmo vontades.

Talvez seja pela “correria” do dia a dia, pelo excesso de trabalho e compromisso que preenche a agenda apertada, que algumas pessoas não cogitam refletir sobre o que se passa consigo mesmas. Não pensam sobre o seu “tempo”, apenas na “falta” deste.

Você provavelmente conhece alguém assim ou já passou por períodos em que 24 horas do dia é muito pouco para se fazer e honrar com todos os compromissos assumidos. Pessoas assim demonstram estar sempre aceleradas, sem pausa e por fim, sem tempo!

tempo-ampulheta

Mas até nisso, essa “acumulação” de tarefas requer certa ponderação acompanhada de uma reflexão. Será mesmo necessário resolver todas as coisas sozinho (a)? Será possível delegar alguma tarefa? Essa tarefa pode ser feita em um outro momento? Ou, o que é pior, será que você não tem assumido tarefas pelos outros?

São várias reflexões que surgem quando colocamos a questão do tempo em pauta, e cada um pensará de forma particular sobre como utiliza o próprio tempo ou como não o utiliza. Independente da forma, tente refletir sobre você e seu tempo, sobre como o tem utilizado a seu favor e não apenas em prol dos outros.

Pois, se não aprendermos dividir nosso tempo e eleger quais tarefas são verdadeiramente nossas, o tempo que deveria ser um aliado vai dando lugar para a irritação, o desgaste físico e emocional, para a insônia e por fim para o estresse.

Uma pesquisa realizada em 2010 pela associação internacional dedicada à prevenção e estudo do estresse, a International Stress Management Association, Isma-Br, 62% dos brasileiros sofrem com a falta de tempo (sobrecarga e o excesso de tarefas) como principal estressor.

Confira também a pesquisa sobre a insatisfação dos brasileiros com o tempo de lazer

Essa sobrecarga além de denunciar a sua falta de organização e controle do próprio tempo pode lhe tirar o prazer de vivenciar momentos alegres e divertidos.

O tempo é igual para todos. O meu dia, o seu dia e o dia de qualquer pessoa tem 24 horas, a diferença de cada um está na utilização deste tempo e não na extensão deste, pois o dia poderia ter até 30 horas, mas se você continuar agindo da mesma forma, sem ter prioridades, continuará sentindo que não tem tempo para nada, muito menos para si mesmo.

Veja outros artigos sobre produtividade

 

Lingia Menezes de Araújo
Psicóloga Clínica
Facebook
Tel.: (31) 3150 -9950 / 9576-9032 / 8671-1127
Contagem/MG

 

OBS: Todo o conteúdo desta e de outras publicações tem função informativa e não terapêutica.

Referência Bibliográfica

International Stress Management Association, Isma-Br. Dísponível em http://ismabr.blogspot.com.br/2012_07_01_archive.html . Acesso em 20/07/15.


Recomendados


Comentário(s)

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais em Organização & Produtividade

6 Comentários

  1. silviamendesgomes@gmail.com'

    Silvia Mendes Gomes

    23 de julho de 2015 em 10:19

    Pois é…..E que a gde maioria das pessoas se queixam do que tem!
    Pedem muito mais,sempre mais.
    Nos devemos sempre agradecer o que temos e adquirimos.
    E fazer o que gosta,se torna prazeroso,comigo é assim.FAÇO TUDO COM MUITO AMOR!
    Adoro as postagens.Paz e Luz! Silvia.

    Reply

    • psicologalingiaaraujo@gmail.com'

      Lingia

      27 de julho de 2015 em 16:39

      Boa tarde Silvia!
      Fico feliz em saber que gosta das postagens.
      A questão do tempo é comum a todos nós, a diferença mesmo é o que cada um faz desse tempo.
      Gratidão.
      Lingia Araújo

      Reply

  2. agnogrunge@gmail.com'

    Agno Oliveira

    24 de julho de 2015 em 12:28

    Gasto muito tempo com futilidades que me proporcionam prazeres momentâneos que não agregam algum tipo de valor. Preciso respeitar minhas prioridades e ter mais disciplina para não me arrepender daquilo que realmente gostaria de ter feito.
    Adoro suas postagens!
    Abraço

    Reply

    • psicologalingiaaraujo@gmail.com'

      Lingia Araújo

      27 de julho de 2015 em 16:41

      Boa tarde Agno!
      Sempre é bom fazer essa reflexão sobre o próprio tempo, assim tem se a chance de avaliar o que temos feito em prol de nossos objetivos e modificar a tempo algumas atitudes para sentirmos mais realizados conosco.
      Gratidão.
      Lingia Araújo

      Reply

  3. contato@temporisassessoria.com.br'

    Fabiano Aguiar

    24 de julho de 2015 em 16:44

    Eu acredito que o grande vilão do tempo é a falta de foco. Com tantos “ladrões de tempo” disponíveis à distância de nossas mãos, fica muito fácil perdemos o foco e deixarmos determinada tarefa para depois pq postaram um video legal no grupo do whatsapp ou estão comentando minha foto na rede social.
    Além disso vejo muitos empresários e gestores dedicando mais de 50% do seu tempo em atividades NÃO estratégicas e por isso acabam trabalhando de 12 a 14 horas por dia para dar conta de tudo.
    Há um ano eu fundei a Temporis Serviços Remotos, que presta serviços administrativos, comerciais e burocráticos para que meus clientes tenham mais tempo livre. Mas mesmo assim sem foco o tempo continuará “escorrendo pelas mãos”.

    Reply

    • psicologalingiaaraujo@gmail.com'

      Lingia Araújo

      27 de julho de 2015 em 16:48

      Boa tarde Fabiano.

      O tempo gasto em redes sociais hoje em dia com certeza é um grande “ladrão de tempo”, pois perde se muito navegando aleatoriamente nas infinitas páginas disponíveis.
      Penso que analisar esse tempo gasto pode proporcionar o reconhecimento do tempo gasto e assim a elaboração de estrategias para diminuir o tempo ocioso e improdutivo.
      Ter momentos de lazer é essencial a qualquer pessoa, mas para que se torne produtivo , o equilíbrio torna se fundamental.
      Gratidão.

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira também

Hipnoterapia Se Torna Referência No Tratamento De Traumas E Doenças

A hipnoterapia é a aplicação de diversas técnicas utilizadas para o tratamento de transtor…